Simpósio Nacional de Geografia Urbana

GT-8: Geografia histórica urbana

Coordenadores: Doralice Sátyro Maia (UFPB), Fania Fridmam (IPPUR / UFRJ), José Aldemir (UFAM) e Pedro de Almeida Vasconcelos (UFBA)

 

Sabe-se que a Geografia Histórica é um campo específico de análise da Geografia legitimado pelas mais diversas entidades científicas. Entretanto, sem perder de vista o reconhecimento de que as perspectivas interdisciplinares são fundamentais para o enfrentamento da complexidade crescente que caracteriza o espaço urbano, o GT Geografia Histórica Urbana objetiva reunir estudos, análises e ideias que enfatizem a importância das relações entre espaço e tempo a partir das contribuições da Geografia, particularmente de uma Geografia Urbana com perspectiva histórica.  Ao reconhecer-se que nos feitos humanos a temporalidade da ação adquire materialidade com a aderência ao espaço, percebe-se a necessidade de congregar pesquisadores em um fórum para debater as perspectivas teóricas e metodológicas que remetam a análise do espaço urbano a tempos pretéritos. O conhecimento do passado, muito embora seja objeto específico da História, requer um olhar específico da Geografia, cuja contribuição vem demonstrando a sua relevância através de obras e de escritos de autores nacionais e internacionais, e reconhecimento nos encontros acadêmicos interdisciplinares. Todavia, verifica-se a necessidade de aprofundar o debate no âmbito da Geografia Urbana para que se possa discutir os pressupostos teóricos, as perspectivas metodológicas e, ainda, os resultados de análises que contribuam para o fortalecimento deste campo do saber.

Trabalhos aprovados no GT-8

1. ANDERSON FERREIRA AQUINO, MAGDA VALÉRIA DA SILVA. GEOGRAFIA HISTÓRICA DE ITAPACI (GO): AS ORIGENS DA CIDADE E SUAS PRIMEIRAS DÉCADAS DE FORMAÇÃO

2. ANNA KARINE DE QUEIROZ COSTA BELLINI. A FRUIÇÃO DA ORLA E DA PAISAGEM MARÍTIMA COMO RECURSO RECREATIVO EM VITÓRIA/ES

3. BRENO DE ASSIS SILVA ARAÚJO, GABRIEL LEOPOLDINO PAULO DE MEDEIROS. A CAPITAL DO OESTE SOBRE TRILHOS: A FERROVIA MOSSORÓ-SOUZA E A CONSOLIDAÇÃO DA CENTRALIDADE REGIONAL DE MOSSORÓ-RN (1920-1941)

4. CHARLES IBRAIM CARDOSO DUARTE, JONAS LIMA MACIEL, CLEITON MARINHO LIMA NOGUEIRA. CONFIGURAÇÃO TERRITORIAL, MEMÓRIA E PATRIMÔNIO NO DISTRITO DE JOSÉ DE ALENCAR -CEARÁ-BRASIL

5. ELAINE GUIMARÃES GODINHO. A PRESENÇA DA CULTURA ITALIANA NA FORMAÇÃO DO ESPAÇO URBANO DA CIDADE DE CAMPOS DOS GOYTACAZES: POSSÍVEIS REPRESENTAÇÕES SIMBÓLICAS DO PALÁCIO NILO PEÇANHA

6. EMMANUEL RAIMUNDO COSTA SANTOS. PARA ALÉM DE TORDESILHAS: DINÂMICA TERRITORIAL SETENTRIONAL LITORÂNEA DO BRASIL COLONIAL

7. FABIANA LEITE DE CAMARGO FRANCISCHINELLI. A VILA DE ITU: PRIMÓRDIOS DE UMA URBANIZAÇÃO EM TEMPOS DE AÇÚCAR (1780 A 1830).

8. FLÁVIA PASCHOALINI OLIVEIRA. ANÁLISE DO PLANEJAMENTO URBANO NO BRASIL NO SÉCULO XX

9. FLAVIA RIBEIRO BOTECHIA. DE QUE TEMPO É ESTE LUGAR? OU SOBRE A PERSISTÊNCIA DAS FORMAS URBANAS EM VITÓRIA

10. GILSON RIBEIRO DA SILVA. INTERVENÇÕES URBANÍSTICAS E SOCIAIS NO COMPLEXO DE MANGUINHOS: ANÁLISE DO LEGADO DO PAC MANGUINHOS - RJ

11. IGOR CARLOS FEITOSA ALENCAR. À ESPERA DO PROGRESSO: A ESTRADA DE FERRO DE BATURITÉ RUMO A CIDADE DO CRATO NO SÉCULO XIX

12. JOEL OUTTES. GÊNESE DAS VILAS DE MALOCAS EM PORTO ALEGRE-RS NO FIM DOS ANOS 1940, COMEÇO DOS ANOS 1950: AS CONTRIBUIÇÕES DE LAUDELINO DE MEDEIROS, TABITA TAGLIARI, LEÔNIDAS MACHADO E RAUL FAILLACE.

13. JOYCE SILVA PEREIRA. A PRAÇA ONZE NEGRA: TERRITORIALIDADE E RESISTÊNCIA CULTURAL

14. JULIO CESAR BOTEGA DO CARMO. PLANEJAR A ESCALA METROPOLITANA: O PARADIGMA CIDADE JARDIM NO REINO UNIDO (1898 - 1944)

15. KAMILA DRAGO BONA, RENATA HERMANNY DE ALMEIDA. ARQUITETURA COMO ELEMENTO DE PERIODIZAÇÃO DO ESPAÇO URBANO DE ITAPINA/ES

16. KAMIR FREIRE GEMAL. FAVELAS CARIOCAS: FENÔMENO, CATEGORIA E INTERVENÇÕES DO ESTADO SOBRE O ESPAÇO URBANO

17. MARIA CLELIA LUSTOSA COSTA. A GEOGRAFIA NOS DOCUMENTOS: A TRAJETÓRIA DO BARÃO DE STUDART

18. MICHELA SAGRILLO PEGORETTI, CECILIA TOREZANI. A FORMA URBANA EM PERSPECTIVA HISTÓRIA: UM OLHAR A PARTIR DA PRAÇA COSTA PEREIRA, VITÓRIA/ES

19. MOACIR VIEIRA DA SILVA. DINÂMICAS ESPAÇO-TEMPORAIS E A CENTRALIDADE URBANORREGIONAL DE MOSSORÓ-RN

20. OTÁVIO AUGUSTO ALVES DOS SANTOS. CONSIDERAÇÕES SOBRE A PRODUÇÃO DO ESPAÇO PRAIANO NO RECIFE: OS LIMITES E OS DESAFIOS DO PLANEJAMENTO URBANO

21. PATRICIA DA SILVA OLIVEIRA. REMOÇÕES NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XIX E O PROCESSO DE SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL

22. TONY MARCELO GOMES OLIVEIRA. A SEGREGAÇÃO URBANA COMO PRÁTICA ORDENADORA EM BRASÍLIA: O CASO DA VILA DO IAPI E A CEILÂNDIA

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910